redacao@gritoregional.com.br     (67) 9 8175-8904

Tudo sobre a região do Anhanduizinho

Tudo sobre a região do Anhanduizinho

Campo Grande, segunda-feira, 26 de outubro de 2020.

Ação Comunitária

Famílias carentes residentes em parcelamentos localizados em dois bairros na região do Anhanduizinho receberão cestas básicas

Por Gilson Giordano em 15/10/2020 às 07:20

Não esse necessariamente, mas a partir de hoje, alguns carros da empresa estarão trabalhando na distribuição de cestas básicas às familias carentes (Foto: Arquivo)

Nada menos que nove parcelamentos localizados em bairros que formam a região do Anhanduizinho serão beneficiados a partir desta quinta-feira (15), pela Energisa que, em parceria com a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), distribuirão nada menos que 600 cestas básicas às famílias carentes.

De acordo com a nota divulgada pela empresa, a iniciativa é uma forma de melhorar o contexto de vida dos moradores que além da falta de recursos e oportunidades, viram suas realidades se agravarem com a pandemia do novo coronavírus.

Parcelamentos

Conforme a programação, o primeiro a ter as famílias beneficiadas será o Parque do Lageado, localizado no bairro do mesmo nome e que foi fundado em 1981. As entregas serão feitas ainda no período da manhã.

Em seguida, as cestas básicas serão distribuídas às famílias do Loteamento Municipal Dom Antônio Barbosa, também localizado no bairro Lageado e fundado em 1995 que é apontado como o de maior vulnerabilidade social.

O Residencial José Teruel Filho, fundado em 2012, terá também as famílias carentes beneficiadas com a doação de cestas básicas

Os moradores do Jardim Colorado, fundado em 2006 também serão beneficiados; no Parque dos Sabias, fundado em 2.014, Parque do Sol, Jardim Morada do Sol, fundado em 1.980 e localizado no bairro Los Angeles e o Loteamento Municipal Vespasiano Martins, também localizado no bairro Los Angeles.

Ainda conforme a nota, a referida ação humanitária integra o movimento Energia do Bem e é uma iniciativa da empresa que destinou R$ 8 milhões a diversas frentes de combate à pandemia de covid-19 em todo o país.

Além da Energisa, o projeto conta ainda com apoio de diversas organizações da sociedade civil e de lideranças comunitárias locais selecionadas pela UNESCO visando alcançar o maior número possível de famílias que ainda vivem em vulnerabilidade social.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





Exibir botões
Esconder botões