redacao@gritoregional.com.br     (67) 9 8175-8904

Tudo sobre a região do Anhanduizinho

Tudo sobre a região do Anhanduizinho

Campo Grande, quinta-feira, 17 de junho de 2021.

tjda-ms

1ª reunião do TJDA-MS para o julgamento dos atletas envolvidos nas brigas das Moreninhas e Tia Eva será por vídeoconferência

Por Gilson Giordano em 15/06/2021 às 10:15

Integrantes da Junta Desportiva de Futebol Amador-MS que tem os primeiros casos para julgamentos (Foto: Arquivo)

Devido à complexidade do processo de julgamento e mesmo agindo em tempo hábil, o Tribunal de Justiça Desportiva Amador (TJDA-MS), ainda não tem o prazo definido para o julgamento dos jogadores envolvidos nas confusões registradas no encerramento do torneio em homenagem aos 102 anos de São Benedito, na decisão realizada na arena Tia Eva, na comunidade do mesmo nome, ocasião em que foi uma briga generalizada e nada menos que seis jogadores foram expulsos e também na partida válida pela 1ª rodada dos times que integram a região do grupo sul, na partida válida pelo grupo II, disputada no campo  nas Moreninhas II, ocasião em que dois jogadores, sendo um do Alecrim e o outro do  F.B.I, protagonizaram as cenas de brigas e que a torcida não quer mais ver isso em campo.

Dentro do prazo, o departamento técnico da União Esportiva de Futebol Amador (UEFA-MS), tão logo recebe as súmulas e os relatórios dos árbitros e dos delegados das partidas protocolou os referidos documentos junto ao TJDA-MS para os trâmites legais e dentro da lei, obedecendo ao Código Brasileiro Disciplinar Esportivo (CBDF).

Trâmites

Mesmo se tratando de futebol amador, mas de forma organizada, como os dirigentes da UEFA-MS querem e sonham, ao lado dos dirigentes e torcedores, o caminho até se chegar à pauta de julgamento é “longo”.

No dia 1º de junho, uma terça-feira, o TJDA-MS foi comunicado quanto aos lamentáveis fatos registrados nos jogos de domingo (30), tanto na Arena Tia Eva e no campo das Moreninhas II;

Quarta-feira (2) foram abertos os processos; sexta-feira (4) foi feita a autorização para a abertura pela Presidência do TJDA-MS; segunda-feira (7) aconteceu o encaminhamento para a Procuradoria para a efetivação da denúncia; após isso, os jogadores denunciados através das súmulas tiveram dez dias para a apresentação de defesa e o último passo, a marcação do dia da audiência, que poderá ocorrer ainda no transcorrer da semana.

Vídeoconferência

Devido à pandemia causada pelo coronavírus Covid-19, a primeira reunião dos integrantes do Tribunal de Justiça Desportiva Amador-MS acontecerá através de vídeoconferência.

Integrantes

A composição do Tribunal de Justiça Desportiva Amador (TJDA), esta formado pelos seguintes integrantes da Turma Recursal:

Procurador Geral: Augusto Domingos Borges Ortega; Representante do Sindárbitros: PM Luiz Carlos Rezende; Representantes das Equipes: Emilio Raimundo da Cruz (da equipe do Marabá); Representante dos Organizadores: Helio Correa; Representante dos Atletas: Milton Lukeny Lopes da Conceição (da equipe do ACT Tiradentes); Representante da Liga UEFA: Cairo Frazão.

A composição do Tribunal de Justiça Desportiva Amador (TJDA), da Comissão Disciplinar, está formada pelos seguintes integrantes:

Procurador Disciplinar: PM Valdir Pereira da Silva; Representante do Sindárbitros: professor Jefferson Winkler Teles Viana; Representantes de Equipes: João Ferreira da Silva (equipe do Polonês); Representante dos Organizadores: Cleber Aparecido Venze (Campeonato Alves Pereira); Representante dos Atletas: Renato Pereira Gregório (equipe do Rio Negro/CASE); Representante da UEFA: Júlio César Souza da Silva.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





Exibir botões
Esconder botões