redacao@gritoregional.com.br     (67) 9 8175-8904

Tudo sobre a região do Anhanduizinho

Tudo sobre a região do Anhanduizinho

Campo Grande, terça-feira, 15 de setembro de 2020.

Dom antônio Barbosa

Entidade cadastrada no Programa Mesa Brasil SESC recebeu nesta quinta-feira doações da JBS

Por Gilson Giordano em 04/09/2020 às 09:14

No total, foram 15 toneladas de peito de frango já desfiados em pacotes de 2,5 que beneficiarão milhares de famílias (Foto: Divulgação)

Localizado na região do Anhanduizinho, mais precisamente no bairro Lageado, a Associação dos Amigos do Bairro Dom Antonio Barbosa, esta no Loteamento do mesmo nome, foi uma das dez instituições cadastradas no Programa Mesa Brasil SESC beneficiada que receberam nesga quinta-feira (3), 15 toneladas de frango doadas pela JBS. As doações beneficiarão 19 mil famílias atendidas em Campo Grande e Dourados.

Cada pacote contém 2,5 kg de frango que foram destinadas também às famílias residentes do Jardim Parque do Sol.

Durante a solenidade de entrega, o presidente da associação, Cristiano Lourenço, revelou que durante a pandemia, só ampliou as necessidades, pois muitos chefes de famílias perderam empregos como diaristas, pedreiros, garçons.

“Só temos a agradecer esse gesto, pois ele faz a diferença”, finalizou.
O Secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck, intermediou a doação e explicou. “Precisamos ressaltar a sensibilidade da JBS que entregou um produto de extrema qualidade, é que o peito de frango já cozido, desfiado e dedicado ao mercado externo”, comentou o secretário sobre o tipo de produto que não precisa de resfriamento, facilitando a logística tanto para as entidades quanto para as famílias.

A diretora regional do SESC MS, Regina Ferro, comentou que a pandemia ampliou o trabalho do Programa Mesa Brasil e com a ajuda de parceiros, pôde incluir um item tão importante que é a proteína. “Ao olharmos às doações recebidas, percebemos que faltava um artigo indispensável para subsistência das famílias, foi então que procuramos novos parceiros, que sensibilizados, somaram esforços ao trabalho que realizamos”, comentou.

O gerente de Recursos Humanos da JBS em Campo Grande, William Salazar afirmou que o legado desse ato de doação é muito importante. “Como uma empresa cidadã e comprometida com a sociedade da qual fazemos parte, é muito significante contribuir com a comunidade e sabemos que as doações chegam a um momento importante para o atendimento à população”.
As doações também chegarão às crianças atendidas pela Fundação Juliano Varela que entendeu a necessidade de atender não só as crianças, mas também as famílias, justamente pelo impacto social que a pandemia teve na vida profissional dos pais. A instituição atende portadores de síndrome de Down, autismo e microcefalia e muitos pais precisaram largar o emprego para ficar em casa com essas crianças, que antes estavam na Fundação. “Hoje são 350 famílias e, por meio de doações como essas, conseguimos entregar cestas básicas mensais e, semanalmente, entregar frutas e legumes. Muitas vezes a única fonte de entrada de alimentação nesses lares”, conta o diretor social, José Luiz Varela.
O presidente da Fecomércio MS, Edison Araújo, destaca a iniciativa. “Se não fosse a participação de cada agente aqui reunido nesse processo, nada disso seria possível. Nós vamos continuar a buscar parceiros que queiram contribuir com esse e outros projetos que temos, pois só por meio da solidariedade, do olhar ao próximo, conseguiremos passar pelas dificuldades atuais”.

Mais informações sobre o Programa Mesa Brasil SESC acesse sesc.ms

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





Exibir botões
Esconder botões