redacao@gritoregional.com.br     (67) 9 8175-8904

Tudo sobre a região do Anhanduizinho

Tudo sobre a região do Anhanduizinho

Campo Grande, sexta-feira, 24 de maio de 2019.

Decisão da 1ª Copa Hortifruti Santa Rita de Futebol Amador será neste sábado à tarde no Alves Pereira

Por Gilson Giordano em 20/09/2018 às 17:35

Cliente de carteirinha da várias decisões, time do Ferro Velho do Tatá, provou que continua em alta e decidirá mais um titulo na Capital de MS (Foto: Divulgação)

Devido à sua importância e a magnitude para o futebol amador da Capital e embora existam controvérsias, mas quiseram os Deuses do Futebol que a decisão da 1ª Copa Hortifruti Santa Rita, fosse disputada em um sábado à tarde, horário esse nobre para a referida prática esportiva.

A princípio, as decisões tanto na categoria veterano para jogadores com até 40 anos e a de amador livre, seriam disputadas domingo (16), pela manhã, no entanto, devido a intemperei do tempo, apenas um campeão foi conhecido e o mesmo na categoria veterano, quando em memorável jogo, a equipe do 26 de Agosto, após ter ficado duas vezes atrás do marcador, teve forças suficientes para virar e derrotar por 3 x 2 a equipe do Garolle, ficando como título de campeã do, até o momento, mais importante campeonato d categoria já disputada na Capital, competição essa que é patrocinada pela Hortifruti Santa Rita.

Os jogos foram marcados para o campão de terra localizado no bairro Alves Pereira, na região do Anhanduizinho onde tudo foi devidamente preparado: campo marcado, tendas para as apresentações musicais, seguranças, banheiros químicos e muita guloseimas para as crianças e também adultos, pois com tempo instável, o apetite foi às alturas.

CHUVA

Apesar de tudo estar dentro do aparato, chegou à chuva e o árbitro Everton Moreira Prates, para não colocar em riso a integridade física dos jogadores, sabiamente, após consultar os promotores, decidiu suspender o segundo jogo.

SÁBADO

Mas de certo forma, o que acabou prevalecendo, além do ótimo jogo, foi a organização e ambas foram as responsáveis pelos mais variados comentários elogiáveis pela Capital, do Estado e agora, neste sábado (22), tudo leva a crer que os Deuses do Futebol contribuirão para o encerramento da 1ª Copa Hortifruti de Futebol Amador, desta feita na categoria amador livre, entre as equipes do Goiás, que representará a região norte da Capital e o time do Ferro Velho do Tata, representando a região sul.

E mais uma vez, os torcedores terão uma série de atrações musicais, confirmadas pelo empresário Aílton Silva que ao lado de um dos organizadores, Cleber Venze, estão ultimando os detalhes para outra grande festa tanto dentro de campo bem fora dele.

METEOROLOGIA

Se por um lado os Deuses do Futebol programaram para este sábado (22) a conclusão da festa iniciada domingo |(16), por outro lado, Zeus, o senhor do céu, o Deus da chuva e o cefeiro das nuvens, alerta que neste dia, também poderá chover na Capital do Estado.

DECISÃO

Na decisão da 1ª Copa Hortifruti Santa Rita, categoria amador livre, que teve a participação de 64 equipes, chegaram o Goiás e Ferro Velho do Tata.

Nessa categoria, o retrospecto evidencia o time do Ferro Velho do Tatá como favorito para chegar ao título. Alias, a referida equipe tem sido assídua participante em várias finais dos mais diversos campeonatos disputados pelos bairros da Capital de MS.

Para chegar à decisão, o time do Ferro Velho do Tata (F.V.T) disputou cinco jogos e teoricamente o mais difícil foi logo no início da competição quando ele,  em jogo difícil,  derrotou o Saraiva, por  2 x 1. Depois começou a deslanchar e em grande jogo, um clássico do futebol amador da Capital, goleou a boa equipe do Sayonara, por um insofismável placar de 6 x 0, impondo a partir de então, mais respeito.

Depois outra “pauleira” e em mais um clássico desta feita contra o time do Entre Rios, o time do F.V.T, se impôs com muita técnica e determinação vencendo por  2 x 1 e para assegurar a vaga para a decisão, em grande apresentação, voltou a impor uma goleada e desta feita apor 6 x 2, diante do Borracharia Grachain. Terminando com 100% de aproveitamento.

O time marcou 18 gols e sofreu quatro e tem o jogador Rodrigo como artilheiro, com cinco gols marcados.

Quanto ao time do Goiás, que também merece todo o respeito por parte do adversário, mesmo porque, não caiu de paraquedas na decisão, mas o time apresentou resultados mais “modestos”.

Time do Goiás se dispõe a atravessar a cidade para mostrar força no campeonato a ser decididona região do Anhanduizinho (Foto: Divulgação)

A caminhada vitoriosa para chegar à decisão foi difícil e também com cinco jogos, mas o time teve que se valer da “sorte” para avançar de fase, pois em dois jogos, a vitória foi conquistada através dos tiros livre da marca do pênalti, o que impediu ao mesmo de chegar também com 100% de aproveitamento.

O primeiro jogo contra o Azaléia foi “mamão com açúcar”. De cara, meteu logo 6 x 0, mas depois começaram as pedreiras. Veio o Sport com quem empatou no tempo normal por um gol e venceu por 2 x 1 nos tiros livres da marca do pênalti; depois contra o Baixada Tarumã, passou “as gatas” por 1 x 0; no caminho, nova pedreira e desta feita o time do Polonês, da região norte e em jogo dos mais disputados, no tempo normal acabou empatado por dois gols e venceu nos tiros livres da marca do pênalti por 2 x 0 e por último, derrotou a Chácara do Silvinho por 2 x 1, assegurando a participação na decisão.

Em cinco jogos, o time do Goiás marcou 12 gols, sofreu quatro, chegou à decisão com um saldo positivo de oito gols e tem o jogador Andrinho, o principal artilheiro com três gols.

 

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





Exibir botões
Esconder botões