redacao@gritoregional.com.br     (67) 9 8175-8904

Tudo sobre a região do Anhanduizinho

Tudo sobre a região do Anhanduizinho

Campo Grande, domingo, 29 de maio de 2022.

ao lado do povo!

“Sou contra qualquer tipo de reajuste do IPTU”, afirma Tiago Vargas em Sessão

Por Gilson Giordano em 09/11/2021 às 15:59

Durante o seu pronunciamento, vereador Tiago Vargas parabenizou o prefeito Marquinhos Trad pelo anuncio do congelamento (Foto: Divulgação)

O vereador Tiago Vargas (PSD), durante Sessão Ordinária, na manhã desta terça-feira (9), se pronunciou contra o aumento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). O reajuste de 10,05% no imposto foi publicado no Diário Oficial de Campo Grande (Diogrande), na semana passada.

De acordo com o Vereador, a pandemia da Covid-19 provocou um estrago imenso na economia mundial, o que levou muitas pessoas a perderem seus empregos e causou uma crise devastadora.

“Sou contra qualquer tipo de reajuste do IPTU, nesse momento pandêmico”, afirmou.

“Muitas famílias ainda se recuperam da dor da perda de um ente querido e muitas pessoas ainda não conseguiram se recolocar no mercado de trabalho”, acrescentou.

Ainda conforme Tiago Vargas, com um cenário econômico pouco favorável para a maioria da população, aumentar impostos seria injusto.

“O papel de qualquer gestor público, neste momento, é ajudar a população e não reajustar impostos”, disse.

“A carga tributária do Brasil já é pesada, não precisamos deixar que esse peso aumente ainda mais”, acrescentou

Câmara aprova PL que congela reajuste

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) reuniu a imprensa, na manhã de hoje, no Paço Municipal, para comunicar à população que não vai aplicar o reajuste do IPTU, deixando-o congelado em 2022.

Sendo assim, o Executivo municipal encaminhou o Projeto de Lei Complementar n. 776/21, que dispõe sobre o reajuste zero do IPTU e da taxa de coleta, remoção e destinação de resíduos sólidos domiciliares, para o exercício de 2022, para ser votado na Câmara.

E, por unanimidade, com 28 votos favoráveis e um contrário, o PL foi aceito pela Casa.

“Parabenizo o prefeito Marquinhos Trad que decidiu congelar o imposto, devido também ao momento que toda a sociedade está enfrentando”, finalizou.

 

0 Comentários

Os comentários estão fechados.

Exibir botões
Esconder botões