redacao@gritoregional.com.br     (67) 9 8175-8904

Tudo sobre a região do Anhanduizinho

Tudo sobre a região do Anhanduizinho

Campo Grande, quarta-feira, 07 de outubro de 2020.

Residencial Ouro Preto

Moradores se unem e colocam em prática Projeto Vizinho Solidário que serve de ótimo exemplo a todos

Por Gilson Giordano em 05/10/2020 às 09:33

Márcio do C armo (c), à frente de outro projeto – Resgatando a Infància – no Residencial Ouro Preto (Foto: Arquivo)

Engana-se que os costumeiros “barracos” sempre acontecem nos conjuntos localizados nos bairros que muitas vezes, maldosamente chamados de “periferia”, adjetivo esse que soa como se a família morasse no “limbo” das residências cujos moradores estão sujeitos a toda sorte e onde, teoricamente, acontece tudo do pior.

Dois exemplos para quebrar essa “regra” e mostrar para quem pensa assim, que está totalmente enganado.

Logo no primeiro, recentemente, em um condomínio de luxo, onde residem pessoas dos mais altos padrões financeiros, um dos moradores, a pedido dos demais, acabou sendo expulso do mesmo, devido aos problemas causados por ele, interferindo diretamente no bem-estar dos demais.

O outro exemplo e desta vez positivo, vem de outro residencial, mas localizado no chamado bairro da “periferia”, que, no entanto, vem servido de exemplo para todos, principalmente para os novos residenciais que estão prestes a serem entregues às famílias sorteadas e bem como para aqueles onde em surdina, são registrados brigas e tiros, tal como uma das torres localizadas em frente ao Shopping Campo Grande: Residencial Jardim Ouro Preto.

Jardim Ouro Preto

Localizado no bairro Centenário e entregue aos mutuários ainda no ano de 2000, portanto há 20 anos, o presidente da Associação de Moradores Márcio do Carmo Vieira Lima, festeja o resultado da implantação do projeto Vizinho Solidário que, há três meses vem surtindo o efeito acima do esperado e é claro, para obter tal sucesso que serve de exemplo a ser seguido, ele contou com a colaboração dos 520 moradores que residem no mesmo.

Vizinho Solidário

Antes da implantação da idéia, Márcio pesquisou em outros Estados do país o referido projeto e através do saldo apresentado, ele se interessou em transformar o Residencial Jardim Ouro Preto, em um dos mais seguros da Capital, onde prevalece, acima de tudo, o espírito da boa vizinhança e todos se respeitam.

Conforme o projeto, o mesmo visa melhorar a qualidade de vida dos moradores e principalmente a segurança do bairro, onde todos os moradores são cadastrados e participam ativamente da rede social do whatsapp e através do mesmo, qualquer situação ou alguma pessoa estranha registrada dentro do residencial, o fato é imediatamente comunicado alertando a todos e dependendo do grau de risco de imediato é solicitado o reforço da Polícia Militar ou da Guarda Civil.

No entanto o Projeto Vizinho Solidário, não está restrito apenas no quesito segurança e o mesmo tem outras vertentes e desta feita de cunho social.

Ainda conforme as explicações do Presidente da Associação de Moradores, o referido projeto vai ao encontro das famílias com problemas financeiros, como se sabe, a pandemia causada pelo coronavírus covid 19, resultou em muitos desempregos, colocando milhares de famílias com sérios problemas financeiros e em muitos casos, resultando no abalo da saúde e dentro do possível, os moradores também ajudam doando alimentos e em alguns casos, até mesmo medicações.

Três Meses

Márcio Lima festeja o resultado alcançado em três meses de implantação do projeto e conforme os dados oficiais, os números de ocorrências policiais diminuíram o índice de criminalidade também acompanhou o gráfico para a parte de baixo e para tal sucesso, ele aponta a união de todos.

“A união de todos têm sido fundamental para o sucesso ora citado, pois todos os moradores têm contribuído e muito para essa melhoria quanto à segurança do bairro”, afirmou.

Placas

Após pesquisar o projeto em outros Estados, o primeiro passo da diretoria da Associação de Moradores foi a implantação de 100 placas que foram adquiridas pelos moradores e agora, com o sucesso alcançado, a diretoria tem mostrado para todos, a eficácia do projeto Vizinho Solidário.

Além das placas, os moradores que têm câmeras também disponibilizam o uso da mesma, colaborando para o sucesso do projeto.

“É importante que todos tomem conhecimento pra ver o que está sendo feito de bom aqui no residencial e no bairro de forma geral, o que o “ouro Preto” (nome do residencial) tem de bom e a oferecer a todos, com apoio total dos moradores e da associação, através do Presidente e da sua diretoria”, afirmou Márcio Lima.

Regras

Além das placas espalhadas pelo residencial, o Projeto Vizinho Solidário tem regras a ser seguidas e somente através delas, o resultado positivo será alcançado.

Ao todo são cinco regras básicas e essenciais para o sucesso do projeto: 1º – Não é permitida ofensas. Discriminação ou preconceito; 2º – No local não é permitido pornografia; 3º – Não é permitido palavras de baixo calão; 4º – Não é permitido discussão; 5º – Não é permitida propaganda política. Em qualquer um dos casos que infrinjam a regra, a Polícia Militar ou a Guarda Civil Metropolitana deverá ser acionada, por qualquer um dos moradores, ligando para os números 190 – 153 ou 193.

Além das regras do Código de Boa Conduta, os moradores também têm os de alerta que é composto por oito regras básicas:

1º – Pessoa suspeita circulando pelo residencial; 2º – Ações relacionadas a furtos ou a roubos; 3º – estampido provocado por arma de fogo; 4º – Emergência Médica; 5º – Incêndio; 6º – Qualquer descarga elétrica ou rompimentos de cabos (de energia ou telefônicos); 7º – Em caso de viagem do morador avisar à Associação de Moradores as datas da saída e retorno e 8º – Verificar se o sistema do alarme está devidamente acionado.

Seguindo essas regras, o saldo apresentado até o momento superou a expectativa da diretoria e baseado nos dados, a implantação do Projeto Vizinho Solidário pode e deve ser copiado por outros residenciais e através dele, os moradores viverem na mais completa harmonia e fazer jus ao velho adágio popular, todos dentro da “política da boa vizinhança”.

Associação de Moradores

O presidente da Associação de Moradores do Residencial Jardim Ouro Preto, localizado no bairro Centenário, na região do Anhanduizinho, Márcio do Carmo Vieira Lima, foi empossado no em julho de 2019 e há 18 anos exerce o cargo de Agente de Segurança Patrimonial, especializado em gestão de segurança patrimonial e após fazer a pesquisa, alinhou as idéias com os integrantes do Conselho Comunitário de Segurança, do qual ele faz parte no cargo de secretário.

A necessidade da implantação do Projeto Vizinho Solidário foi necessária diante do grande número de furtos e roubos registrados no referido residencial, tanto que a casa do Presidente da Associação foi uma das que sofreu o ataque dos bandidos, que usando revólveres invadiram a mesma colocando em risco os familiares.

“Nós da Associa (de Moradores) temos em muito a agradecer a boa vontade, a compreensão de todos os moradores e graças a essa união, estamos colhendo os primeiros resultados positivos e que esse projeto sirva de exemplo para os outros residenciais”, afirmou Márcio Lima, presidente da entidade.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





Exibir botões
Esconder botões