redacao@gritoregional.com.br     (67) 9 8175-8904

Tudo sobre a região do Anhanduizinho

Tudo sobre a região do Anhanduizinho

Campo Grande, sábado, 19 de outubro de 2019.

Bairro Lageado

Escolinha de Misericórdia São João Neumann receberá neste sábado pela manhã, a Orquestra Jovem da Fundação Barbosa Rodrigues

Por Gilson Giordano em 01/10/2019 às 15:21

Composta por 20 alunos que começam a mostrar os primeiros acordes, a orquestra da Fundação Barbosa Rodrigues fará outra apresentação (Foto: Divulgação)

Localizada na Rua Emiliana Arruda de Araújo, número 375, no Loteamento Municipal Parque do Sol, no bairro Parque do Lageado, na região do Anhanduizinho, a Escolinha de Misericórdia São João Neumann, será o palco para mais uma apresentação alunos do Projeto Orquestra Jovem da Fundação Barbosa Rodrigues, que tem à frente os professores de música Henrique Lourenço e Lorrayne Espínola.

A apresentação será neste sábado (5), às 8h e conforme as explicações da professora de música Lorrayne Espíndola, o tempo de duração da apresentação será de no máximo 20 minutos, pelo fato de serem tocadas músicas de curto tempo.

 A orquestra que tem à frente o maestro Eduardo Martineli é composta por 40 integrantes, divididos entre os músicos e o coral, sob a regência da professora Lorrayne Espínola.

Formada basicamente por instrumentos de cordas, a orquestra é composta por violinos, viola sinfônica e violoncelo e conta com aproximadamente 20 novos alunos que já mostram bom domínio dos instrumentos.

Conforme a programação do ano em curso estavam previstas as apresentação em cinco diferentes bairros da Capital de MS e com a deste sábado (5), restará mais uma que poderá ser na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), em data ainda a ser definida.

Anteriormente a orquestra havia se apresentado nos bairros Tiradentes, do Lar do Pequeno Assis e no Jardim Monte Alegre, no bairro Centenário, na região do Anhanduizinho, onde a mesma se apresentou na Casa da União Lar de Santana.

O projeto faz parte da parceria da Prefeitura Municipal de Campo Grande, através do Fundo Municipal de Incentivos Culturais (FMIC), da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur), que atende 170 crianças e adolescentes.

A respeito da formação da orquestra, o professor de música, Henrique Lourenço, explicou que mesmo os alunos estando ainda em fase inicial de aprendizagem, já tocam as primeiras músicas. Ele destacou ainda a importância da apresentação em público para mostrar o resultado para os familiares e para a comunidade em geral. “As crianças começam a se familiarizar com o palco, sentem-se valorizadas e importantes o que é muito bom para a autoestima”, disse Henrique.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





Exibir botões
Esconder botões