redacao@gritoregional.com.br     (67) 9 8175-8904

Tudo sobre a região do Anhanduizinho

Tudo sobre a região do Anhanduizinho

Campo Grande, quinta-feira, 30 de setembro de 2021.

parceria reme e ufms

Escola da REME, Tomaz Ghirardelli, no bairro Lageado, está incluída nos planos da UFMS como um dos locais de exposição itinerante

Por Gilson Giordano em 20/09/2021 às 16:30

Os alunos das escolas poderão debater sobre cultura material, arqueologia, história e arte rupestre (Ilustração)

Localizada no bairro Lageado, um dos 14 integrantes que formam a região do Anhanduizinho, a Escola da Rede Municipal de Ensino (REME), Tomaz Ghirardelli, está incluída como um dos locais de exposições itinerantes na rede municipal de ensino público, através do Museu de Arqueologia (Muarq), da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), que a partir desta terça-feira (21), inicia a série de exposições. O projeto é resultado da parceria entre a UFMS e a REME, através da Secretaria Municipal de Ensino e o mesmo surgiu após a exibição do documentário sobre o Museu na TV da Rede Municipal de Ensino (REME).

“Após o documentário sobre o Muarq ser exibido na TV REME para professores e alunos da rede básica de ensino, vamos, agora, até às escolas para debatermos sobre cultura material, arqueologia, história e arte rupestre (relativo à rocha). O contato interpessoal é importantíssimo para a construção do saber, assim como a possibilidade dos jovens dialogarem conosco”, explica o professor da Faculdade de Ciências Humanas e responsável pela Comissão de Pesquisa do Museu, Carlos Campos.

A primeira exposição será realizada na Escola Municipal Nicolau Fragelli. Intitulado Exposição Itinerante Semed/Muarq – aprendendo sobre Pré-História do Mato Grosso do Sul: mostra de vídeos e maquetes, o projeto visa democratizar o saber sobre a Pré-História do Estado nas escolas, por meio da exibição de material audiovisual, mini-exposições de objetos arqueológicos e maquetes que foram elaboradas pelo Muarq em 2021.  “Focaremos na região de Campo Grande, inicialmente. Ademais, a diretora de Popularização da Ciência da Pró-reitoria de Extensão, Cultura e Esporte Lia Brambilla também  participará divulgando o Vem Pra UFMS e as formas de ingresso nos cursos de graduação. Acreditamos ser uma oportunidade ímpar para os alunos conhecerem mais sobre a Universidade e se prepararem visando ao futuro universitário”, ressalta o professor.

 Para a responsável técnica pelo Museu, Laura Pael, a parceria com a Semed tem rendido bons resultados. “A parceria é excelente para a nossa equipe, pois todos na Secretaria são colaborativos e propositivos, em especial a Divisão de Educação e Diversidade. As ações em conjunto colaboram para integrar universidade e escola e ratificam nosso compromisso com a sociedade”, disse.

A exposição é uma ação vinculada ao projeto de extensão Práticas de Ensino e Pesquisa no Museu de Arqueologia da UFMS: estudos de Pré-História e Arqueologia¸coordenado pelo professor Carlos e ao projeto Análises arqueológicas, laboratoriais, educação patrimonial e ambiental do Museu de Arqueologia da UFMS, coordenado pela antropóloga e responsável pelo Muarq, Laura.

Cronograma

Até o fim de outubro estão agendadas outras seis exposições e a Tomaz Ghirardelli, está programada para o dia 19 de outubro.

Documentário

Para conhecer mais sobre o Muarq basta acessar o site muarq.ufms.br. O documentário Do Muarq para a escola: conhecendo o museu, ainda está disponível no canal da TV REME.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





Exibir botões
Esconder botões