redacao@gritoregional.com.br     (67) 9 8175-8904

Tudo sobre a região do Anhanduizinho

Tudo sobre a região do Anhanduizinho

Campo Grande, sexta-feira, 09 de abril de 2021.

bairro pioneiros

Em Brasília, Prefeito da Capital tenta viabilizar recursos para obras de pavimentação e drenagens no referido bairro

Por Gilson Giordano em 01/03/2021 às 09:30

Junto à bancada federal em Brasília, Prefeito da Capital tenta viabilizar recursos para realizar antigas obras no bairro Pioneiros (Foto: Divulgação)

Uma vez mais, várias ruas de alguns bairros que formam a região do Anhanduizinho voltaram a ser tema de discussão entre o Prefeito da Capital de a bancada de Deputados Federais e Senadores, em Brasília. Como sempre o já há muito tempo anunciado, o problema quanto às obras de pavimentação e drenagens.

Com o assunto na mesa de discussões e ao que tudo indica, a Capital de MS terá no orçamento da União de 2021, que deve ser aprovado ainda neste mês, R$ 140 milhões para investimento em Saúde (R$ 20 milhões); infraestrutura (R$ 50 milhões) e R$ 70 milhões para um projeto de revitalização da Feira Central.

Para tanto, o Prefeito da cidade esteve terça-feira (23), em Brasília, onde se reuniu com a bancada federal e na ocasião reivindicou a destinação de emendas para investimento em obras e projetos na Capital.

Do total de emendas garantidas pela bancada, R$ 40 milhões serão impositivas, ou seja, o Governo Federal será obrigado a fazer repasse à Prefeitura. Se até 31 dezembro o recurso não for liberado, o recurso terá de ser empenhado para garantir o custeio do projeto ou obra no ano seguinte.

Nesta modalidade de emenda, serão investidos R$ 20 milhões em projetos de drenagem, pavimentação e controle de enchentes.

O montante será destinado para obras de infraestrutura, que são consideradas prioritárias como a continuidade da revitalização do Rio Anhanduí,  da Rua do Aquário até a Avenida Manoel da Costa Lima, além da pavimentação e drenagem do Loteamento Municipal Porto Galo,  Roselândia, Jardim Monte Alegre, Morenão, parcelamentos esses localizados no bairro Pioneiros, na região do Anhanduizinho que impactam com pontos de alagamento no entorno da Avenida Guaicurus.

O projeto prevê a execução de 7,10 km de pavimentação, abrangendo o prolongamento da Avenida Filinto Muller e sua extensão; a Rua Barrabás, continuidade da Avenida  Joana D’arc, e um dos acessos da região à Avenida Gury Marques; Rua Oranges e Rua dos Gonçalves, desde a Ana Luíza de Souza, passando pela Eva Peron, até terminar na Avenida Guaicurus.

A Rua dos Gonçalves, segundo o secretário municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, Rude Fiorese, precisa receber  uma grande estrutura de drenagem por ser um canal de escoamento de praticamente toda a enxurrada que desce dos bairros adjacentes, ficando intransitável, além de provocar pontos de alagamento na Avenida Guaicurus.

Ainda no Loteamento Porto Galo, receberão pavimento as ruas Paraúna, 13 de Novembro e Canabras, nos Jardins Morenão, Roselândia e Vicentino. A infraestrutura chegará às ruas Roque Dávalos, Paraúna, Paulo Valentin, Gregório Nabuco, Durvalina Constância, Chicago, Benício Pires Freitas, Leiria, Anésia Kasuro Kanashiro, Assaré e Travessa Piquete.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





Exibir botões
Esconder botões