redacao@gritoregional.com.br     (67) 9 8175-8904

Tudo sobre a região do Anhanduizinho

Tudo sobre a região do Anhanduizinho

Campo Grande, sexta-feira, 09 de abril de 2021.

UEFA-MS faz agradecimento

Diretores agradecem o vereador Ademir Santana pelo apoio e o sucesso da entidade em prol do futebol amador no Estado

Por Gilson Giordano em 09/11/2020 às 07:06

Ao lado dos diretores da UEFA-MS, vereador Ademir Santana esteve no Rádio Clube de Campo, para conhecer o New Fut (Foto: Arquivo)

A reabertura dos campos de futebol espalhados pelos bairros da Capital e neles, o retorno dos jogos válidos pelos mais diversos campeonatos de futebol amador que nos fins de semana fazem a alegria de milhares de pessoas, foi motivo de muita alegria para os diretores da União Esportiva de Futebol Amador (UEFA-MS) que, fizeram questão de visitar boa parte desses campos levando a certeza de que, o período de paralisação imposta pela pandemia, não será de forma alguma, motivo para findar a modalidade.

Em vários campos localizados nas regiões norte e sul, os diretores da entidade, mais precisamente o presidente Cleiton Ferreira e o diretor financeiro, Júlio César Souza da Silva – Júlio do Campo Nobre, como gosta de ser chamado – estiveram ao lado do vereador Ademir Santana, sendo que este, de fato, nunca abandonou a modalidade e juntos foram a vários bairros.

“Estamos como sempre fizemos, visitando os organizadores dos campeonatos pra dar o suporte necessário a todos e também aos donos de times, aos jogadores, além é claro, de dar a certeza que a competição voltará mais forte ainda e para tanto, estamos ao lado do vereador Ademir Santana, que em nenhum momento mediu esforços para ajudar a todos e muito lutou para que o futebol tivesse voltado bem antes, mas infelizmente, a doença (coronavírus) estava de fato no auge e por isso, tivemos que esperar”, disse o presidente da entidade Cleiton Ferreira.

Vereador

Na verdade, o vereador Ademir Santana, além de ser um dos responsáveis pela criação da União Esportiva de Futebol Amador (UEFA-MS), sempre esteve ao lado de todos e dentro do possível, ajudando nas organizações das competições espalhadas em todos os bairros da Capital.

Durante a paralisação imposta pela pandemia causada pelo coronavírus, cuja duração foi de oito meses e nesse período sem nenhuma atividade presencial, o vereador Ademir Santana, teve uma grande participação e muito ajudou a UEFA-MS a criar com sucesso, os Campeonatos de Escudos e Uniformes, sendo o primeiro vencido pelo time do Lava Jato FC e o segundo, pela equipe do Rio Negro.

Nessas competições virtuais, que tiveram a participação direta dos torcedores foram mais de 800 mil votos, sendo que, na noite de entrega das premiações aos vencedores, uma vez mais está presente o vereador levando o seu incentivo e apoio a todos, para não deixar o futebol amador enfraquecer.

Pênaltis

Paralelo às disputas virtuais, com a participação direta do torcedor, uma vez mais, com o apoio do vereador Ademir Santana ajudou a entidade a promover com sucesso campeonatos de Emulação de Pênaltis, competições essas de grande sucesso e muita repercussão e que tiveram o envolvimento de aproximadamente mil pessoas, entre os cobradores, organizadores a os árbitros.

Reuniões

Os eventos acima citados eram realizados em meios a muitas reuniões entre a UEFA-MS e as Secretarias responsáveis pela suspensão dos campeonatos e em todas elas, Ademir Santana sempre compareceu ao lado dos diretores da entidade e juntos buscam uma saída para a volta do futebol amador.

Foi assim na Esplanada da Ferroviária, ocasião em que ao lado dos diretores da UEFA e dos proprietários de campos de futebol, o vereador Ademir Santana, cobrou na época, a volta da modalidade, pois ele tinha conhecimento dos prejuízos enfrentados pelos locatários dos campos.

Como as reuniões realizadas na Esplanada da Ferroviária não surtiram o efeito esperado, o vereador Ademir Santana agendou então, uma reunião com o Secretário da Semadur e no dia e hora marcados, foi ao órgão, ao lado do presidente da entidade, Cleiton Ferreira e do diretor financeiro Júlio do Campo Nobre e juntos, uma vez mais, apresentaram as propostas incluindo os planos de biossegurança para a volta do futebol amador, pois naquele momento, a entidade tentava de todas as formas, encontrar a solução para acabar com o problema que estava afetado em muito, a prática da modalidade e na ocasião, vários donos de times, já falavam até mesmo acabar com os elencos e parar, mas foram convencidos por Ademir Santana e os dirigentes da UEFA-MS, a mudar de decisão.

Sempre presente na busca para a volta do futebol amador na Capital, Ademir Santana,m ao lado dos diretores da UEFA, foram também à reunião na Semadur (Foto: Arquivo)

Mesmo com a apresentação do plano de biossegurança, mais uma vez a tentativa da UEFA-MS e do vereador Ademir Santana, foi em vão.

Depois disso, a Fundação Municipal de Esportes (Funesp), apresentou a idéia para a criação do New Fut, modalidade essa que estava sendo praticada pelos sócios do Rádio Clube e a mesma poderia ser um dos caminhos para a volta paulatina do futebol amador na Capital.

A idéia foi imediatamente aprovada e apoiada pelos diretores da UEFA-MS que não estavam medindo esforços para ter de volta o futebol e para tanto, mais uma vez ao lado do vereador Ademir Santana, eles foram até o Rádio Clube para ver de perto como era a prática e quais eram as regras na tal modalidade que foi implantada em Curitiba.

Esse comprometimento do vereador Ademir Santa com a modalidade esportiva criou um vínculo e que hoje é muito difícil separar um do outro, pois onde tem um campo, lá esta Ademir Santana, incentivando os seus praticantes.

Campeonatos

O vínculo do Vereador e o futebol são na verdade de longos anos e a prova disso, é comum vê-los em torno dos campos onde são disputados os jogos, como por exemplo, nos campos do São Conrado, Santa Emilia, São Caetano, Santa Felicidade, Arena Campo Nobre e em vários, como convidado, ele entregou até troféus aos times campeões.

Ao falar desse apoio ao esporte de forma geral e em particular ao futebol amador, Ademir Santa destaca o amor pela modalidade e até afirma que já jogou bola, mas teve que parar com a atividade, devido a um problema no joelho.

“É a alegria do povo. Eu gosto de ver nas tardes de sábados e nas manhãs de domingo, os bairros movimentados, o torcedor chegando para prestigiar o evento disputado naquele lugar. Para mim é de fato, uma satisfação. Hoje, eu não jogo mais, mas fico feliz de ver os meus ex-colegas disputando uma jogada ou vibrando com o gol marcado pelo time”, disse Ademir Santana.

No meio do povo e na forma mais simples, tal como é o futebol amador, Ademir Santana entregou vários troféus aos times campeões (Foto: Arquivo)

Quanto à visita realizada neste domingo, nos mais diversos campos de futebol, ele resumiu como “emocionante”, após longo oito meses, finalmente ele pode reencontrar os torcedores e com neles, sentir de novo, a alegria pela volta futebol amador.

“É de fato emocionante ver todo esse pessoal sorrindo, festivo e com muita alegria vivenciando de novo, a volta do futebol. Vamos continuar juntos e tudo que for possível fazer para cada vez mais engrandecer a modalidade, podem contar comigo. Alias, já estamos (ao lado da UEFA) articulando para janeiro do próximo ano, a realização de três campeonatos, com a participação de 160 times, envolvendo mais de cinco mil pessoas. Vejam bem que magnitude de evento! Desde agora, já estamos pensamos em uma grande festa para brindar a chegada do novo ano, com essas disputas”, garantiu o vereador Ademir Santana, que externou o convite a todos, para que no dia 6 de dezembro, todos estejam na Arena Campo Nobre local que sediará um jogo beneficente, com as presenças de grandes ex-jogadores e nele, a preparação para uma grande festa natalina que será feita com vistas a população mais carente da região.

No campo de terra do Jardim Hortênsias, localizado no Grande Aero Rancho, na região do Anhanduizinho, onde o vereador encerrou a visita neste domingo (8) pela manhã, ele foi muito solicitado pelos torcedores e com sempre, atendeu a todos com a mesma atenção que lhe é peculiar e depois da atenção dada a todo e desta feita já dentro do campo de “terra’, ele até ensaiou algumas jogadas e fez algumas “embaixadinhas”, evidenciado a intimidade com a bola de quem alias, nunca se separou.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





Exibir botões
Esconder botões