redacao@gritoregional.com.br     (67) 9 8175-8904

Tudo sobre a região do Anhanduizinho

Tudo sobre a região do Anhanduizinho

Campo Grande, quarta-feira, 18 de setembro de 2019.

Histórias do futebol amador

Conheça o time Lava Jato FC, que representará o Jardim Macaúbas na 1ª Copa Campo Grande de Futebol

Por Gilson Giordano em 13/06/2019 às 10:06

Agora com uniformes da “moda”, elenco já usou camisas feitas manualmente para acalentar sonho de quatro irmãos (Foto: Divulgação)

Neste domingo (16), a 1ª Copa Campo Grande de Futebol Amador, organizada pela Fundação Municipal de Esporte (Funesp) começa para quatro, das 16 equipes que representarão a região do Anhanduizinho, na referida competição que premiará o campeão com a importância de R$ 10 mil

E entre os quatro times que estarão em campo, no Parque Ayrton Senna, localizado no bairro Aero Rancho, tem um, com uma rica história e tudo pelo amor do futebol, onde até mesmo a genitora dos idealizadores do projeto da montagem de um time de futebol, teve que colocar as “mãos na massa”, ou melhor, na máquina de costura para concretizar o sonho vivido pelos quatro filhos.

Tudo começou em uma fazenda localizada no Distrito de Anhanduí, localizado na região sul e distante da área central da Capital de MS a 53 quilômetros onde quatro irmãos decidiram tornar realidade um antigo sonho do quarteto, que era a montagem de um time de futebol.

Com diversas competições futebolísticas naquela redondeza, os irmãos Nildo, Daniel, Ozano e Osvaldo levaram avante a idéia de montar o time de futebol para participar dos campeonatos. O time até chegou a ser montado, no entanto devido à mudança da família para Campo Grande, tudo que foi construído naquele distrito acabou ficando para trás e na Capital do Estado, tudo teve que ser reiniciado, mas teoricamente com menos dificuldades, pois a ideia inicial tinha sido enraizada.

Entre os quatro irmãos, Nildo Bittencourt é o representante do time em todos os eventos burocráticos (Foto: Face Book)

Constituído no dia 12 de fevereiro de 2014, já em Campo Grande, nascia do time do Lava Jato MS, que agora se tornou Lava Jato F.C. No entanto, como lembra Nildo, um dos irmãos, não apenas no começo, mas ate hoje tudo e muito difícil para o time que é mantido pelos quatro irmãos e é claro com a ajuda da mãe Sebastiana Maria de Almeida.

Para não acabarem com sonho iniciado em Anhanduí, os irmãos se revigoraram e recolocaram a idéia em execução ate a formação do time, que na ocasião disputou algumas competições representando o bairro Los Angeles.

O primeiro campeonato disputado pelo então time do Lava Jato MS, foi no Jardim Canguru, mas para tanto era preciso fabricar ou produzir tudo, pois sem dinheiro par a comprar de uniformes prontos, os irmãos amantes do futebol, tiveram a idéia de comparar tecido para a mãe que e costureira, fazer o uniforme do time e cada um dos quatro filhos teve também que colocar a “mão na máquina”

“Tudo foi comprado. Até mesmo os números (para usar nas camisas) foram comprados e pregados separadamente, recorda Nildo com muita alegria pelo fato de ter dado seqüência ao antigo sonho iniciado ainda no distrito de Anhandui.

Com o time formado, uniforme novo o time do Lava Jato MS se inscreveu para a sua primeira participação em campeonatos na Capital de MS e o primeiro teste foi no campeonato do bairro Jardim Canguru. “Tinha que pagar a inscrição e mais uma vez, os quatro irmãos arcaram com a despesa”, recordou Nildo.

 Começo foi acima do esperado para um time novato e ate então desconhecido, pois no referido campeonato o time terminou a sua participação em 4º lugar, colocação essa que encheu de orgulho os irmãos e é claro, aumentou o otimismo dos atletas do time.

Depois do sucesso conseguido no Campeonato do bairro Jardim Canguru, o time se inscreveu nos campeonatos do Uirapuru e Paulo Coelho Machado, mas o resultado foi desastroso, pois logo foram desclassificados.

Essas desclassificações prematuras, por pouco não acabaram com o sonho dos irmãos que decidiram inscrever o time no Campeonato das Moreninhas 3, que teve a participação de 18 equipes e mais uma vez, o Lava Jato MS ficou em 4º lugar, revigorando o desejo de todos em continuar as disputas de outras competições.

Com outro 4º lugar obtido em um difícil campeonato, os irmãos mais ousados inscreveram o time no campeonato do bairro São Conrado, onde os times escalam 11 jogadores. Também não deu certo e o resultado disso foi outra desclassificação.

Nesse meio tempo, o Campeonato Arena Campo Nobre abriu as inscrições para os times interessados e os irmãos se animaram novamente, no entanto, muitos dos jogadores tentaram demove-los da idéia, pois acreditavam que pelo fato de o campeonato ser um dos mais difi8cies e disputados na Capital, o time seria “saco de pancada” dos cascudos e experientes.

Mesmo sendo um campeonato dos mais difíceis o Lava Jato MS, se classificou, no entanto, na 2ª fase, no “mata-mata”, o mesmo cruzou com o time do Almeida, coincidência ou não,  mesmo sobrenome da genitora deles e acabou sendo derrotado por 1 x 0 e nova desclassificação, mas desta feita com gosto de vitória, pois a equipe passou de fase e enfrentou um dos bichos papões do futebol amador da Capital de MS.

Embalado, pois naquela altura estava difícil segurar o ímpeto e a vontade de todos, diante dos resultados surgidos, os irmãos inscreveram o time na disputa da Copa UEFA, onde o time eliminou o R-9 e o Nacional. Alias, no jogo contra o Nacional, um paradoxo, pois Nildo conta com “alegria” a “dificuldade” vivida na partida,

Time já tem rica história na 1ª Copa UEFA disputada na Capital de MS (Foto: Divulgação)

Segundo ele, o time entrou em campo desfalcado do goleiro titular e mesmo assim, logo fez 1 x 0. No transcorrer da partida, o árbitro marcou um pênalti contra o time e de tato reclamar, o goleiro que era reserva acabou sendo expulso e com isso, o centroavante, o mesmo que havia marcado o gol, foi deslocado para o gol e acabou defendendo o pênalti. “Foi uma vitória inesquecível”, festeja Nildo, que agora, inscreveu o time para representar o Jardim das Macaúbas localizado no bairro Centro Oeste, na região do Anhanduizinho e para referida competição, o time inscreveu 24 jogadores que nesta quinta-feira (13), aproveitando o feriado, poderão fazer um treinamento leve, para que o técnico Nildo Bittencourt possa definir o time para o segundo jogo deste domingo (16), contra o Clube Atlético Santista, no campo do Parque Ayrton Senna, no bairro Aero Rancho, inclusive, ele convida os moradores do Jardim das Macaúbas para prestigiarem a equipe na referida competição.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





Exibir botões
Esconder botões