redacao@gritoregional.com.br     (67) 9 8175-8904

Tudo sobre a região do Anhanduizinho

Tudo sobre a região do Anhanduizinho

Campo Grande, segunda-feira, 27 de maio de 2019.

Arena Campo Nobre

Como era esperado, times dos grupos 1 e 2 não reeditam jogos da 3ª rodada com muitos gols, mas Astecon/Tusa segue “imbatível”

Por Gilson Giordano em 21/05/2019 às 07:11

O novato time do Coneagro voltou a empatar e situação começa a ficar dificil, pois em três jogos marcou apenas um ponto (Foto: Divulgação)

Em sã consciência todos sabiam que era humanamente impossível os times dos que integram os grupos 1 e 2 reeditar a mesma performance apresentada por ocasião da 3ª rodada, quando foi estabelecido o recorde de gols marcados e várias goleadas. Isso, pelo fato de varias equipes disputar paralelamente outras competições e invariavelmente atuam em jogos sábados e domingos e sendo assim, o atleta acaba sentindo o desgaste físico mesmo e ate mesmo sendo na categoria amadora com tempo de duração sendo 50 minutos, mas o desgaste físico e emocional acaba influenciando, pois afinal, no fim do campeonato, tem uma premiação capaz de satisfazer o mais exigente Presidente de time.

Nesse caso específico estão as equipes do Astecon/Tusa que decidiu sábado (11) o título de campeão no bairro Mata do Jacinto e também o time do Amigos do Edilson que decidiu o título da 5ª Copa Buracão, neste domingo (19).

Pode ter isso que aconteceu na 5ª rodada do 27º Campeonato da Arena Campo Nobre, localizada no bairro Centro Oeste, na região do Anhanduizinho que teve a participação dos times que integram os grupos 1 e 2 da referida competição.

Se não houve a quebra de recorde dos 47 gols marcados, na 3ª rodada agora foram 30, timo número, pois manteve a excelente média de 3,75 tentos por partida; se não houve a repetição das cinco goleadas registradas em uma única rodada, mas teve uma para não passar em “branco”, alem e claro, dos bons jogos disputados.

Jogos

Nos jogos disputados, ficou evidenciado que dificilmente o time do Astecon/Tusa será “parado” por algum adversário, pelo menos nessa primeira fase, pois no confronto contra o vice-líder do grupo 1, o time do Centro automotivo Irmão Luís, o Tusa se impôs e venceu por 3 x 1, mantendo os 100% de aproveitamento e somando 12 pontos,  com a classificação para a segunda fase como campeão do grupo, bem encaminhada.

O time do Almeida antevê a tradição dos times desses grupos (1 e 2) e goleou por 5 x 1 ao Independência W.R; na outra partida disputada ainda sábado (18), a tarde o time do Goiás, como não quer nada vai “devagarzinho” somando os pontos necessários para a sua passagem para a próxima fase e em partida muito disputada, derrotou o famoso time “3 em 1”, o Diretoria/Chácara do Silvinho/Seguragil que perdeu pelo placar mínimo.

E seguida, entraram em campo os times do Amigos do Edilson que no dia seguinte decidiu a 5ª Copa Buracão e mesmo assim se impôs diante do  recanto, a quem aplicou uma “mini-goleada”,  por 4 x 1.

No jogo dos quase “homônimos”, que levou a melhor foi o time do Horiginal Motos que derrotou por 1 x 0 ao Original e sob as luzes dos refletores  da Arena Campo Nobre, o Ferro Velho do Tatá (F.V.T), em jogo dos mais disputados passou pelo time do “choque”, Elétrica Pólo a quem venceu por 3 x 2.

Domingo (19) já sem esperança das grandes e sonoras goleadas a rodada foi encerrada com dois jogos. No primeiro, o time do Criciúma derrotou por 2 x 1 ao MM Construções e no jogo de fundo,  o Coneagro e Família Mota/2 Irmãos Borracharia, em jogo bem movimentado, empataram por dois gols.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





Exibir botões
Esconder botões