redacao@gritoregional.com.br     (67) 9 8175-8904

Tudo sobre a região do Anhanduizinho

Tudo sobre a região do Anhanduizinho

Campo Grande, sábado, 25 de maio de 2019.

Abertura da 1ª Copa Horti Fruti Santa Rita-Tony Gol teve bom público, bons jogos e show musical

Por Gilson Giordano em 19/07/2018 às 12:33
Os organizadores Aílton Cornélio, Tony Gol, ao lado dos árbitros dos jogos durante a solenidade de abertura da copa Horti Fruti Santa Rita - Tony Gol (Foto: Divulgação)

Os organizadores Aílton Cornélio, Tony Gol, ao lado dos árbitros dos jogos durante a solenidade de abertura da copa Horti Fruti Santa Rita – Tony Gol (Foto: Divulgação)

A solenidade e os jogos que marcaram a abertura da 1ª Copa Horti Fruti Santa Rita – Tony Gol de Futebol Amador, realizada nesta quarta-feira (18), à noite, nas dependências do clube de Camping da Garolle Seguros, foram dignos de um grande evento esportivo e merecedores de todos os elogios por parte de quem participou e abrilhantou diretamente o evento, que tem tudo para escrever uma nova história no futebol amador do Estado.

O local, a Arena Garolle, localizada na Rua Eva Peron com a Rua da Divisão, no Jardim Monte Alegre, no bairro Centenário, foi devidamente preparada para esse grande evento, tanto ao atendimento aos torcedores bem como o campo onde foram disputados os jogos.

No local, mais de mil pessoas acompanharam atentamente os três jogos, sendo dois pela categoria veteranos e um pela categoria amador livre, que abriram oficialmente a competição e ainda, o show musical com os cantores sertanejos Falcão e Leandro Ávila que, igualmente ao futebol, deram um show a parte.

A abertura da 1ª Copa Horti Fruti Santa Rita – Tony Gol de Futebol Amador foi registrada por cima e por baixo. Por cima, pela filmagem feita pelo “drone” dirigido por Silvio Almeida e por baixo a filmagem foi feita pela equipe de staff dos organizadores do evento.

À medida em que se aproximava o início da abertura da competição, a arena Garolle foi sendo tomada pela presença de torcedores, que chegavam aos “montes”, ávidos por um bom espetáculo futebolístico e atraídos, também, pela fórmula de disputa revolucionária por parte dos organizadores, que implantaram, desde a rodada inicial, o temido, mas envolvente, sistema de disputa chamado “mata-mata”.

PÚBLICO

Os torcedores, em torno de duas mil pessoas, foram acomodados nas cadeiras distribuídas na parte de cima da Arena e os mais apaixonados por futebol, abriram mão desse conforto e se debruçaram na cerca que separa o gramado, pois assim, os mesmos ficaram bem perto dos atletas e, é claro, dando os seus pitacos.

De todas as partes do campo, torcedores acompanharam atentamente os jogos da 1ª Copa Horti Fruti Santa Rita - Tony Gol (Foto: Divulgaçao)

De todas as partes do campo, torcedores acompanharam atentamente os jogos da 1ª Copa Horti Fruti Santa Rita – Tony Gol (Foto: Divulgaçao)

A solenidade de abertura, tal como nos grandes eventos esportivos, também teve os times participantes do jogo perfilados ao lado dos árbitros para a execução do Hino Nacional.

CATEGORIA VETERANA

A 1ª Copa Horti Fruti Santa Rita – Toni Gol teve na sua abertura dois jogos válidos pela categoria veteranos até 40 anos e um jogo pela categoria amador livre.

No primeiro jogo, abrindo oficialmente a tão esperada competição, que oferecerá uma premiação total de R$ 10 mil, entre dinheiro e uniformes, para os campeões e vices, entraram em campo as equipes do 26 de Agosto e Paulo VI.

O time do 26 de Agosto, recheado de jogadores que, além de integrarem diversas equipes do futebol profissional no Estado, foram campeões, sendo que um deles, ter sido de renome nacional pelo fato de que foi o artilheiro geral dos campeonatos estaduais, o atacante Carlinhos, que teve ao seu lado Alex Sandro, autor do primeiro gol no estádio Jacques da Luz e também Itamar.

O jogo dos mais disputados foi vencido pelo time do 26 de Agosto, por 3 x 1. O primeiro gol da competição foi marcado pelo jogador Márcio, contra, para o time do 26 de Agosto; Manoel empatou para o Paulo VI; depois Gilson e Alex Sandro deram números finais ao jogo: 3 x 1, na partida que teve a expulsão do jogador Edmilson.

O time do Paulo VI ainda desperdiçou a cobrança de um pênalti através do jogador Jessé.

Com a vitória, a equipe do 26 de Agosto aguarda o adversário que sairá da partida entre as equipes 2 de Ouro x Náutico/Camiseteria.

No entanto, todas as expectativas da noite estavam voltadas para o segundo jogo da mesma categoria, afinal o time da casa, o Garolle Seguro, também recheado de ex-jogadores profissionais, entre eles, Dubinha, o zagueiro Róbson, Adriano Espindola, Fléber, Marquinhos, entre outros, enfrentaria a então desconhecida equipe da Portuguesa que, com o mesmo número de reservas no banco e enquanto teve fôlego, mediu forças em igualdades de condições contra o time da casa, que acabou vencendo pelo placar de 2 x 0, com gols do zagueiro Róbson e Luiz Carlos Garrincha.

Recheada de ex-jogadores do futebol profissional do Estado, time do Garolle venceu e avançou na categoria veterano (Foto: Divulgação)

Recheada de ex-jogadores do futebol profissional do Estado, time do Garolle venceu e avançou na categoria veterano (Foto: Divulgação)

Nessa partida também foi registrada as expulsões dos jogadores, Rato, goleiro, e Abadio, ambos da Lusa, que ainda perdeu por contusão o jogador Alencar.

Com a vitória, o time da Garolle avançou na competição e agora aguarda o vencedor do jogo entre Acari e Distribuidora Mécari.

Encerrando a rodada e ainda com mais gente, pois à medida que os jogos foram realizados e o show musical iniciado, o público foi chegando, o terceiro jogo, válido pela categoria amador livre, entre as equipes do Alecrim e Sayonara, o entorno do campo estava literalmente tomado pelas torcidas dos dois times.

Há quem diga que, no futebol amador, o time a ser batido é do Sayonara, pelo fato de ter conquistado recentemente o título de campeão em todas as competições que participou, daí a caça ao mesmo.

O time do Alecrim até que impôs respeito e a prova disso foi que a partida, para a alegria dos torcedores e como determina o regulamento, teve o vencedor conhecido através dos tiros livres da marca do pênalti e, mais uma vez, prevaleceu a supremacia do Sayonara.

Time do Sayonara confirmou em campo que é um dos melhores do futebol amador da Capital e avançou para o segundo jogo da competição (Foto: Divulgação)

Time do Sayonara confirmou em campo que é um dos melhores do futebol amador da Capital e avançou para o segundo jogo da competição (Foto: Divulgação)

O tempo regulamentar de 50 minutos registrou o empate por dois gols, com Rodrigo Acre marcando para o Sayonara, enquanto que Gabriel, também marcou os dois gols do time do Alecrim.

Agora, o Sayonara aguarda o vencedor do jogo entre as equipes do Ferro Velho do Tata x União Bela Vista.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





Exibir botões
Esconder botões